PROGRAMAÇÃO

Curso
CARTOGRAFANDO MÁRIO DE ANDRADE
Por Pâmella Cruz e convidados

CARTOGRAFANDO MÁRIO DE ANDRADE: NAS FRONTEIRAS ENTRE LITERATURA E CIDADE

Sábados, 11, 18 e 25 de agosto, 1, 15, 22 e 29 de setembro, 6, 20 e 27 de outubro e 10, 17 e 24 de novembro, das 10h30 às 13h30


Sob a coordenação da Profª Dra. Volia Regina Costa Kato e da Profª Dra. Maria Isabel Villac.


O museu Casa Mário de Andrade e o grupo de pesquisa Cultura (s) e Cidade: Teoria e Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie - FAU-Mackenzie convidam para o "Projeto de Extensão"  voltado para estudantes, profissionais - arquitetos e urbanistas, literatos, artistas, antropólogos, historiadores, geógrafos - e público mais amplo interessado na relação entre literatura, arquitetura e cidade.

A proposta envolve leituras do território e uso público das arquiteturas da cidade, a partir da interpretação de textos e fotografias de Mário de Andrade sobre a cidade de São Paulo. As atividades serão desenvolvidas em mesas temáticas, leituras programadas, andanças e cartografias do território, coleta de material em arquivos históricos e oficinas de trabalho e de proposições, com exposição pública dos resultados.


Abaixo o cronograma das atividades: 

11/8 | Apresentação do projeto. Palestra: A obra, a casa e o acervo de Mário de Andrade, por Elisabete Ribas e Abilio Guerra.

18/8 | Palestra: A formação urbana da cidade de São Paulo e a cidade de Mário de Andrade, por Walter Pires.

25/8 | Apresentação da área de ação do projeto e particularidades de endereços e estruturas físicas fotografadas e/ou descritas nos textos e poemas de Mário de Andrade e apresentação maquete-base do território, por Volia Kato, Maria Isabel Villac, Lizete Maria Rubano, André Balsini e Hugo Rossini. 

1/9 | Oficinas de leitura coletiva: Ler e interpretar culturas – história, antropologia, sociologia, por Volia Kato e Lizete Maria Rubano.

15/9 | Ler e desenhar interpretando, por Maria Isabel Villac e André Balsini.

22/9 | Estudo de campo: Cartografando Mário de Andrade por meio do desenho, por Junior Lopes.

29/9 | Estudo de campo: Cartografando Mário de Andrade por meio da arquitetura e da arte, da fotografia e do desenho, por Maria Isabel Villac, André Balsini, Edison Ribeiro, Hugo Rossini e Pâmella Cruz. 

6/10 | Oficina: Cartografando Mário de Andrade por meio da arte visual, por Pâmella Cruz, Volia Kato e Maria Isabel Villac.

20/10 | Oficina: Cartografando Mário de Andrade por meio do desenho, por Junior Lopes, com participação de Maria Isabel Villac, André Balsini, Edison Ribeiro e Ricardo Luis Silva.

27/10 | Oficina: Cartografando Mário de Andrade por meio da arquitetura, por Maria Isabel Villac, André Balsini, Edison Ribeiro e Ricardo Luis Silva.

10/11 | Avaliação do projeto e montagem da exposição. 

17/11 | Produção e montagem da exposição. 

24/11 | Encerramento do projeto e abertura da exposição.


*Inscrições encerradas.


Palestrantes:


Abilio Guerra é arquiteto pela FAU PUC-Campinas, mestre e doutor em História pelo IFCH Unicamp, professor adjunto de FAU Mackenzie (graduação e pós-graduação). Com Silvana Romano Santos, é editor da Romano Guerra Editora e do Portal Vitruvius (www.vitruvius.com.br), aonde coordena o Conselho Editorial da revista científica Arquitextos. 


André Balsini é arquiteto e artista plástico. Professor de Arquitetura e Urbanismo da Uninove, Mestre em Arquitetura e Urbanismo (FAU-Mackenzie, 2014), Especialista em Análise e Avaliação Ambiental (PUC-RIO, 2005).


Edison Ribeiro é mestre em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie (2011-2013) e aluno de Doutorado na mesma Universidade (ingresso em 2015). Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Guarulhos (1992), com especializações em O Projeto de Arquitetura na Cidade Contemporânea na Universidade Presbiteriana Mackenzie (2009-2010) e Fundamentos da Cultura e das Artes na Universidade Estadual Paulista - UNESP (2009-2010). Atua como professor universitário nas áreas de Projeto de Arquitetura, Planejamento Urbano e Teoria da Arquitetura. É diretor da PontoArq, empresa que atua no desenvolvimento de projetos de arquitetura e gerenciamento de projetos complementares para espaços residenciais, corporativos, comerciais e institucionais.


Elisabete Ribas possui graduação em Letras e mestrado em Teoria Literária e Literatura Comparada, ambos pela FFLCH-USP. Tem Especialização em Organização de Arquivos pelo Instituto de Estudos Brasileiros-USP, instituição em que atualmente trabalha, exercendo o cargo de Supervisora Técnica do Serviço de Arquivo. Na área de organização de acervos, atua com documentação permanente e acervos pessoais. Aproveitando sua dupla formação, desenvolve pesquisas na área de acervos literários. É membro do SLA - ICA - Internacional Council on Archives, na área de Arquivos Artísticos e Literários. 


Hugo Rossini é arquiteto e urbanista pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2016). Mestrando em Arquitetura e Urbanismo na mesma universidade, onde acaba de ingressar no Mestrado e participa do Grupo de Pesquisa Teoria e Projeto. Desde 2014 trabalha no escritório Biselli + Katchborian Arquitetos Associados, onde colabora com a concepção, desenvolvimento e detalhamento de projetos de diversas escalas, com destaque para o Complexo Habitacional Júlio Prestes, 90.000m² (em desenvolvimento) e a Requalificação do Vale do Anhangabaú, 65.000m² (2014/ 2015). 


Junior Lopes é artista plástico, nasceu em Castanhal, no Pará. Reside em São Paulo e desenvolve há 15 anos uma técnica inovadora e pioneira de ilustração gráfica, confeccionando seus trabalhos com retalhos de tecidos reciclados.


Lizete Maria Rubano é arquiteta e urbanista com graduação na FAUMackenzie, mestrado e doutorado na FAUUSP. Trabalha na docência (cadeira de projeto) e com pesquisa voltada às políticas e projetos de habitação coletiva. Coordena o escritório modelo da FAUMack, o Mosaico, atuando, junto com os alunos e um grupo de professores, no Fórum Mundaréu da Luz (Campos Elíseos) e na Fábrica de restauro (Bixiga).


Maria Isabel Villac é pesquisadora e professora do curso de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, com graduação em Arquitetura e Urbanismo na mesma instituição. Doutorado em Teoria e Historia da Arquitetura pela Universitat Politecnica de Catalunya (2002). Pós-Doutorado na Università IUAV di Venezia (2014). Atua principalmente nos seguintes temas: arquitetura e cidade, arquitetura, cidade e cultura, arquitetura e cidadania, arte e arquitetura, ensino de arquitetura e cidade, relação teoria e projeto, espaço público e o uso público do espaço.


Pâmella Cruz é artista, arte-educadora e pesquisadora de intervenções artísticas nos espaços públicos das cidades. Formada pela Unesp em Artes Cênicas e com Mestrado em Arquitetura e Urbanismo no Mackenzie. 


Ricardo Luis Silva é arquiteto formado pela FAU-UFSC, doutor em Crítica e Estética da Metrópole pela FAUMACK, professor de crítica e leituras urbanas no curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário SENAC. Investiga o cotidiano da cidade a partir de caminhadas urbanas, com coleções de objetos encontrados e séries fotográficas. 


Volia Regina Costa Kato é graduada em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - FFLCH-USP, possui mestrado em Ciência Política pela mesma universidade e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-Mackenzie.  É professora adjunta na graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie e pesquisadora nos temas de interseção com Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Sociologia da Vida Cotidiana, Cidade Contemporânea e Cultura.


Walter Pires é arquiteto (1979) e Mestre em Arquitetura e Urbanismo (2003) pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP), tendo já lecionado na Universidade Paulista - UNIP (1996-1999); Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUCCAMP (1999-2002); Universidade Cruzeiro do Sul - UNICSUL (2002-2004) e Universidade Católica de Santos - UNISANTOS (2002-2005). Atua no Departamento do Patrimônio Histórico do Município de São Paulo - DPH.