PROGRAMAÇÃO

Palestra
CLUBE DE LEITURA CASA MÁRIO DE ANDRADE III
Com Lucineide Vieira e convidados

Sábados, 29 de maio, 26 de junho, 24 de julho e 28 de agosto, das 16h30 às 18h 


Para realizar sua inscrição, clique aqui

A atividade será desenvolvida na plataforma Zoom.

O link será enviado aos inscritos por e-mail.


Organização: Josué Gonçalves de Araújo e Lucineide Vieira.

Mediação: Lucineide Vieira.


Nos encontros do Clube de Leitura da Casa Mário de Andrade, os participantes terão oportunidade de conhecer o movimento de cordelistas que atuam para difundir este gênero literário por meio de suas obras e ações. A cada encontro, um autor convidado fará uma breve apresentação de sua trajetória, seguida da leitura de um de seus cordéis. 


Cronograma das atividades:


29/05 - Susana Morais apresenta seu cordel As Mulheres de Gonzaga - presença feminina na vida e obra do rei do Baião;

26/06 - Anne Karolynne comenta o cordel São João da minha Infância;

24/07 – Nando Poeta discute seu cordel As mulheres no cangaço, obra escrita juntamente com o cordelista Varneci Nascimento;

28/08 – Julie Oliveira aborda o cordel O mito grego e a sabedoria de Pandora


Anne Karolynne Santos de Negreiros é paraibana de Campina Grande/PB, mãe, cordelista e enfermeira especialista em saúde mental. Autora de cordéis ilustrados publicados pelo Ministério da Cultura e do livro “Poesia popular: ferramenta de inclusão na saúde mental” (2019). Sua obra “Coronavírus em cordel” ganhou repercussão mundial durante a pandemia de Covid-19, em 2020. Desenvolve o projeto "Cordel Personalizado", tendo escrito mais de duzentas biografias rimadas através da literatura de cordel. Premiada como melhor declamadora no Festival Vamos Fazer Poesia (2018), recebeu o Prêmio Maria Pimentel (2020) com o cordel "Cadê minha mamãe" e foi primeiro lugar no prêmio Nísia Floresta de literatura (2020). Membro da Academia de Cordel do Vale do Paraíba. Seus trabalhos podem ser acessados nas redes sociais como "Cordel Personalizado".


Josué Gonçalves de Araújo é nascido Pontal do Paranapanema na cidade de Marabá Paulista – SP, mas viveu toda a sua infância e juventude na cidade vizinha, Mirante do Paranapanema e, aos 18 anos de idade, migrou para a capital paulista. Foi bancário e atualmente, além de escritor é diagramador de textos para a Editora Luzeiro e Magazine Gibi.


Julie Oliveira é cordelista, pedagoga, produtora cultural e editora. Graduada em Pedagogia e pós-graduanda em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Fundou a Ganesha Edições e Produções Culturais e o Coletivo e Selo Editorial “Cordel de Mulher”. Possui 10 livros editados, premiados e distribuídos nacionalmente em programas de educação. Integra o Movimento Nacional de Mulheres Unidas em Combate ao Machismo. Em 2010, teve sua obra "A Cigarra e a Formiga - Nova Fábula em Cordel" classificada no Prêmio Mais Cultura de Literatura de Cordel - Edição Patativa do Assaré (MINC). Em 2019, lançou o cordel Mulher de Luta e História em SP e também na Bienal Internacional do Ceará, considerado o mais vendido da autora.


Lucineide Vieira da Silva Cipoli é formada em Pedagogia pela UEPB, e pós-graduada em Língua Portuguesa pela PUC/SP, onde redigiu um trabalho de conclusão de curso sobre "As Peculiaridades do Texto de Cordel". Trabalha na Rede Municipal de Educação de São Paulo, como POSL - Professora Orientadora de Sala de Leitura -, onde desenvolve um projeto de Organização de Sarau e coordena os Estudos Literários da AEL- Academia de Estudantes de Letras - Graciliano Ramos. Faz parte do Movimento Nacional de Mulheres Unidas em Combate ao Machismo e do Coletivo Teodoras do Cordel- artevistas SP, onde publicou ao lado de 18 cordelistas o Cordel Justica Violada. É idealizadora e mediadora do Clube de Leitura Ler_Mulher e do Clube de Leitura de Cordel de São Paulo, que vem integrando a programação do Museu Casa Mário de Andrade.


Nando Poeta (Fernando Antonio Soares dos Santos) nasceu em Natal-RN, é formado em Ciências Sociais (Sociologia e Política) pela UFRN. Poeta, Sociólogo e Produtor Cultural. Atualmente é educador no Núcleo de Educação em Direitos Humanos da Secretaria Estadual da Educação do Rio Grande do Norte e militante dos movimentos sociais, e atua como educador popular do ILAESE (Instituto Latino-americano de Estudos Socioeconômicos). Escreveu o primeiro cordel 2008 e, atualmente, possui títulos publicados nas Editoras Luzeiro e Areia Dourada. Na cidade de São Paulo, participou do Movimento Escola Caravana do Cordel. Atua no Ponto de Memória Estação do Cordel, em Natal-RN e no evento Quinta Cultural. Em 2018, foi eleito para a Academia Norte-Rio-Grandense de Literatura de Cordel.


Susana Morais de França Medeiros é recifense, com raízes do Pajeú. É cordelista, escritora de livros infantis, palestrante, contadora de história e ministra oficinas de Cordel. Membro fundadora da UNICORDEL, participa do grupo Vozes femininas e ocupa o tamborete nº 19 da Galeria dos Mortais na www.interpoetica.com. Desde 2005, dedica-se a escrever cordéis de temas variados inclusive infantis. Possui mais 30 títulos publicações individuais e com parceiros.


Foto: Divulgação