PROGRAMAÇÃO

Curso
EDUCAÇÃO DIGITAL NO MUNDO PÓS-PANDEMIA
Com Jamile Borges

Quartas-feiras, 10, 17, 24 e 31 de março, das 19h às 21h


Para realizar sua inscrição, clique aqui

A atividade será desenvolvida na plataforma Google Meet.

O link será enviado aos inscritos por e-mail.


No curso, destinado aos professores e interessados em educação, o público poderá conhecer o debate contemporâneo relacionado ao direito à inclusão e à educação digital no mundo pós-pandemia.


Cronograma das atividades:


10/03 - Educação, pós-verdade e pós-pandemia;

17/03 - Pandemocracia: inclusão digital, racismos e novas educações;

24/03 - Frameworks, educação e digitalidade;

31/03 - Ideias para adiar o fim do mundo: currículos insurgentes.


Jamile Borges é Pós-Doutora pela Universidade de Lisboa. Pesquisadora Permanente do Centro de Estudos Afro-Orientais. Coordenadora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Africanos - PÓSAFRO/UFBA para o biênio 2019-2021; Editora da Revista Afro-Ásia Qualis A2. Possui graduação em Licenciatura em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1994), Bacharelado em Antropologia pela Universidade Federal da Bahia (1996), Mestrado em Educação pela Universidade Federal da Bahia (1999). Doutora em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Étnicos e Africanos - PÓSAFRO/UFBA. É Professora Adjunta da Universidade Federal da Bahia e Professora na pós-graduação em diversas instituições de Ensino Superior; Investigadora do Programa Interdisciplinario sobre Estudios Descoloniales (PIED) con sede en el Centro de Investigaciones Multidisciplinarias en Educación (CIMED) en la Facultad de Humanidades de la Universidad Nacional de Mar del Plata. Desenvolve pesquisa no Centro de Estudos Afro-Orientais /CEAO-UFBA. Desenvolve Pesquisa em África/ Guiné-Bissau, Cabo-Verde e Moçambique. É Membro Permanente na Coordenação do Curso de Estudos Avançados Fábrica de Idéias -CEAO/UFBA/FORDSEPHIS. Desenvolve pesquisas na área de antropologia do mundo contemporâneo (África), antropologia e museus (formação e gestão de coleções; patrimonialização e musealização em contextos transculturais; projetos na área do patrimônio e museus digitais). Coordena o MUSEU AFRO DIGITAL em parceria com a Biblioteca Nacional-RJ, UERJ, UFPE E UFMA, UFMGS.


*Haverá emissão de certificado ao aluno que obtiver 75% de frequência na atividade.

*Esta atividade poderá contar como crédito de horas para o Programa Formativo "Patrimônio, Memória e Gestão Cultural".


Foto: Acervo pessoal

MAPA DO SITE

Este site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.
Consulte a Política de Privacidade para obter mais informações.

ACEITAR