PROGRAMAÇÃO

Curso
MODERNISMO(S) NO BRASIL
Por Rodrigo Estramanho de Almeida

MODERNISMO(S) NO BRASIL: CULTURA, POLÍTICA E SOCIEDADE EM INÍCIOS DO SÉCULO XX 


Quartas-feiras, 4, 11, 18 e 25 de setembro, das 19h às 21h


| Vagas: 40*| 

 

O curso abordará as dimensões políticas e sociais das décadas de 1920 a 1940 com foco nas questões relacionadas à produção artística e cultural no Brasil com vistas a uma compreensão dos debates, conflitos, consensos e permanências do modernismo, sobretudo pela participação dos intelectuais paulistas no processo.


Cronograma das atividades:


04/09 - Panorama sociopolítico do Brasil em inícios do século XX 

Serão abordados aspectos da sociedade, da política e das artes no Brasil entre 1900 e 1930 com o objetivo de situar os principais elementos que levaram a emergência do modernismo, sobretudo em São Paulo. 


11/09 - A inteligência brasileira às vésperas da modernização 

Introdução sobre as questões que pautaram a criação e o debate intelectual no Brasil e em São Paulo nos inícios do século XX.


18/09 - O modernismo em São Paulo I 

Análise do modernismo por meio de itens da produção intelectual e artística repercutida em São Paulo, sobretudo a partir de 1922. 


25/09 - O modernismo em São Paulo II 

Continuidade à análise do modernismo por meio de itens da produção intelectual e artística repercutida em São Paulo, sobretudo a partir de 1922.



Rodrigo Estramanho de Almeida é Bacharel em Sociologia e Política pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo (ESP), Mestre e Doutor em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP).  Atualmente é professor e coordenador na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) e pesquisador no Núcleo de Estudos em Arte, Mídia e Política (NEAMP) da PUC/SP.



*Inscrições esgotadas. Para realizar sua inscrição na lista de espera, clique aqui

  Haverá emissão de certificado ao aluno que obtiver 75% de frequência na atividade.